Menu
SECRETARIA DE PLANEJAMENTOAlunos de pós-graduação da UFMT conhecem trabalhos desenvolvidos pela Seplan

Alunos de pós-graduação da UFMT conhecem trabalhos desenvolvidos pela Seplan

Renata Neves | Seplan-MT

Alunos e professores do curso de pós-graduação em Ciências Ambientais e Florestais da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) visitaram a Secretaria de Planejamento (Seplan) nesta segunda-feira (18.04) e conheceram alguns dos principais estudos realizados na área.

A coordenadora de estudos socioeconômicos da Seplan, Vallência Maira Gomes, e os engenheiros agrônomos Edson Martins da Silva e João Benedito Pereira Leite apresentaram aos visitantes informações sobre o projeto de vegetação primária do Estado, que está em fase de conclusão, do Zoneamento Socioeconômico Ecológico (ZEE), cujos estudos estão sendo retomados, bem como da realidade socioeconômica e da situação dos solos arenosos do Estado.

Após a apresentação, o professor da disciplina de Manejo Florestal, Ronaldo Drescher, destacou a qualidade dos estudos produzidos pela secretaria e a importância deles para o desenvolvimento do Estado.

“Os trabalhos realizados aqui são fundamentais e fiquei impressionado com a qualidade e profundidade deles. Tratam-se de trabalhos sérios, elaborados com base em metodologias científicas e que contribuem para a definição de políticas públicas para o Estado, umas vez que as decisões são pautadas em parâmetros técnicos e não apenas em hipóteses”, disse.

As informações disponibilizadas pela secretaria serão utilizadas como base para a produção de artigos científicos, segundo o professor.

Para Aylson Costa Oliveira, professor e doutor na área de Tecnologia da Madeira, os estudos produzidos pela Secretaria de Planejamento são essenciais para o crescimento e progresso de Mato Grosso.

“Conhecer tudo isso é muito importante, especialmente para nós, pois a Engenharia Florestal trabalha com duas vertentes: ambiental, que envolve preservação e conservação, e de produção. Conhecendo as características da cobertura vegetal do Estado e o histórico do uso de suas florestas, podemos, por exemplo, traçar alternativas para a preservação”, explicou.

O intercâmbio da Universidade com a prática é, na avaliação do professor doutor Rômulo Mora, fundamental para a compreensão da realidade do Estado e, consequentemente, para o estabelecimento de ações que beneficiem os cidadãos.

“Dentro da faculdade nós acabamos não tendo uma visão tão ampla sobre a realidade socioeconômica do Estado. Então, ter acesso a essas informações é de grande valia para os alunos, que as utilizarão para suas pesquisas”, concluiu.

Durante a visita, os estudantes e pesquisadores também conheceram os trabalhos desenvolvidos pelos demais setores da Secretaria de Planejamento e a importância deles para todas as áreas do Estado.

“As informações produzidas pela Secretaria Adjunta de Informações servem como subsídios para elaboração do planejamento de todos os setores do Estado e a Seplan oferece todo o suporte para esse planejamento”, ressaltou Vallência.

Go to top
Desenvolvimento Web: Wladimir da Silva Capelão - Analista Administrativo/TI - SEPLAN-MT.